Nova Serra pelada em Aripuanã Mato Grosso
03/11/2018 07:53 em Nacional

Pedras com fagulhas de ouro, vistas no garimpo ilegal de Aripuanã, impressionam.

O motivo da grande movimentação de aventureiros no garimpo ilegal de Aripuanã (a 1,2 mil km de Cuiabá) é que se espalhou a notícia de que tem ouro raso, visível a olho nu, sendo extraído na área a 11 km da zona urbana.Palharini ressalta que a economia de Aripuanã, além da exploração de madeireira e pecuária, é movimentada historicamente pela extração mineral e que já houve muitos garimpos na região. "Sempre teve garimpagem aqui, agora é que estourou este mais forte", comenta.

Palharini trabalha com informática, mas faz imagens nas horas vagas, para festas e afins. Está registrando o "formigueiro" humano que se formou.

O repórter da TV Record, Claudiomar de Oliveira, nesta quarta (31), conseguiu chegar a 6 km da área explorada, que fica dentro da fazenda Dardanellos. Foi pela MT-208, mas quando entrou na pista vicinal que leva ao garimpo não tinha mais como passar de carro, que não fosse bem alto ou moto. "Choveu muito e tinha lamaçal", relata. "Falei com vários que chegavam por ali, a maioria da região mesmo, mas tem muita gente de fora também".

Entre os aventureiros, o jornalista diz que a grande maioria é homem, mas viu algumas mulheres. "Crianças não", afirma. Viu também que já tem gente vendendo água e alimento, tanto na estrada quanto mais próximo do acampamento. "Pinga também tem para comprar".

Não há informações sobre casos de criminalidade já associados aos garimpeiros.

O cinegrafista Márcio Pallharini, que é paranaense mas mora na cidade, viu com os próprios olhos pedras com fagulhas de ouro sendo recolhidas e fotografou. Nesta terça (30), esteve no local de escavação e confirma que são milhares de pessoas transitando por ali.

FONTE RD NEWS 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!